quarta-feira, 21 de maio de 2014

Quincy Jones sobre 'Xscape': "Trata-se de dinheiro"

Billboard.com, 21 de maio de 2014
Por Lars Brandle

Quincy Jones declarou sobre o mais recente álbum póstumo de Michael Jackson, Xscape - "Trata-se de dinheiro."

Os comentários do produtor foram transmitidos em uma entrevista para a estação de rádio pública CBC sobre a história de sua própria carreira.

Jones, compositor e produtor, colaborou em muitos dos maiores sucessos da carreira brilhante de MJ. Embora ele não seja fã do material "novo". "Eles estão tentando ganhar dinheiro. E eu entendo isso. Todo mundo está atrás de dinheiro, o Espólio, os advogados. Trata-se de dinheiro," afirmou Jones.

O álbum, curado por L.A. Reid, está voando alto nas paradas do mundo todo. Xscape estreou em No. 1 no Official U.K. Albums chart desta semana e está próximo de estrear no primeiro lugar da Billboard 200. O principal produtor do álbum foi Timbaland, com participações de Rodney Jerkins, Stargate, Jerome "Jroc" Harmon e John McClain.

Quando perguntado se ele estava incomodado com o lançamento contínuo de gravações do Rei do Pop, Jones teve isto a dizer: "Sim, mas não é meu problema mais. Não é problema nosso (risos)."

Jones abriu um processo de U$10 milhões por quebra de contrato, em conexão com os projetos de Jackson lançados após a morte do cantor em 2009. Em uma queixa apresentada em outubro passado na Corte Superior de Los Angeles, Jones alegou que as gravações originais nas quais ele trabalhou foram injustamente editadas e remixadas, de modo a privá-lo da participação nos lucros finais. Jones também afirmou que havia sido negado a ele o crédito por seu trabalho nos lançamentos póstumos do cantor e que a MJJ Productions e a Sony Music firmaram negócios colaterais tomando lucros que deveriam ter sido inclusos no cálculo dos royalties.

Na nova entrevista, Jones também fala sobre as sessões de Thriller, e negou a história frequentemente repetida de que ele tinha inicialmente rejeitado Billie Jean. "E toda esta falácia sobre eu não ter gostado de Billie Jean é uma mentira. É uma mentira que começou de algum lugar. Qualquer um que escute sabe que a música é excelente. E eu também sei de onde [o boato] veio."



 Traduzido por Bruno Couto Pórpora